Sobre

O construto social contemporâneo sinaliza o histórico atroz que a população pós-diaspórica sofreu fora do seu território mãe. A África é apontada como o berço da humanidade e palco de grandes revoluções que repercutem em nosso cotidiano. Resgatar a importância desse contexto é substancial para a manutenção de futuros em que a sociedade conviva de modo mais justo. Falar da África é suscitar genuinamente a vida em suas diversas formas e variações. É berço! É indiscutivelmente o lar de todos. É sobre esse universo que este escritor incipiente se atreverá discorrer! O nosso assunto é a vida. E o nosso pano de fundo é a ancestralidade africana. Sejam bem vindos! Evoé!